Páginas

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Aviso

Amados, quando iniciamos este blog nossa intenção era usa-lo como meio para conduzir os santos a conhecer as verdades bíblicas por meio de artigos que são similares a estudo bíblico. Por esse motivo sempre escrevemos várias artigos sobre um tema, a fim de que, ao terminar um tema, os irmãos tivessem uma visão satisfatória sobre o tema abordado. para suporte aos irmãos, colocamos também vários livros disponíveis para serem baixados e suprir o santos. Porém notamos que infelizmente os livros se sobreporam a intenção original do blog, que era os temas bíblicos.
Percebemos que os santos tem visitado nosso blog apenas com a intenção de baixar os livros e nada mais. Sendo assim, escolhemos retirar todos os livros do blog e, caso seja necessário, iremos excluir o blog. Esperamos a compreensão de todos os santos.

Jesus é nosso Senhor

Alzemendes Vieira

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

ENTENDENDO A SALVAÇÃO: A QUEDA DO HOMEM





Na mensagem anterior vimos sobre a criação e o motivo da criação do homem. Nesta mensagem veremos a queda e o resultado da queda. Sabemos que, quando o Senhor criou o homem, Deus o pôs em um jardim, em frente da Árvore da Vida. A intenção de Deus era que no jardim o homem se alimentasse  da Árvore da Vida e encher-se da vida de Deus. A Árvore da Vida representa a vida divina, que é próprio Cristo. Em João capítulo 15 Cristo mostrou-se como uma videira. Ainda em João 11:25 Cristo mostrou-nos que Ele era a Vida. Portanto temos duas coisas em Cristo: a Árvore e a Vida. Cristo hoje é nossa Árvore da Vida na qual podemos desfrutar por meio do nosso espírito. Sendo assim, no jardim Adão teria que se alimentar de Cristo, representado pelo Árvore da vida. Mais o homem foi conduzido a comer de outra árvore: a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal.

domingo, 18 de janeiro de 2015

ENTENDENDO A SALVAÇÃO : A CRIAÇÃO DO HOMEM








A Criação do Homem

Com essa mensagem damos início a uma série de palavra falando com respeito a salvação. Nosso desejo é que os irmãos entendam bem este assunto que é o básico para todos os cristão. Além do mais, venha a desfrutar da graça salvadora de Cristo hoje, vivendo uma vida saudável e plena.

Hoje vamos falar um pouco sobre a criação do homem, como foi criado e porque foi criado. O conceito tradicional afirma que o homem foi criado para louvar a Deus e adorá-lo, isso não está errado, porém o motivo da criação do homem  é muito mais amplo do que simplesmente adorar a Deus.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: PRINCÍPIOS DE INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA ( 2 )





( mensagem ministrada pelo irmão Witness Lee em Taipé, Taiwan na década de 1950 e compõe o livo: Conhecendo a Bíblia)

TODAS AS EXPRESSÕES APOSITIVAS SÃO IGUAIS

Há muitas expressões na Bíblia que estão em aposição 1 a outras. Todas essas expressões apositivas são equivalentes e não diferentes. Por exemplo: Mateus 5 fala de nove bem-aventuranças. Ali diz: "Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos céus", e "Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus". Essas são expressões casadas, onde a primeira expressão combina com a segunda. Neste caso, em cada bem-aventurança, há, primeiramente, a condição para a bênção e, então, a própria bênção. Todas as expressões casadas são equivalentes. Se a primeira parte de uma expressão especifica uma condição, então todas as primeiras partes dessas expressões casadas também especificam condições. Se a segunda parte de uma expressão especifica uma bênção, então a segunda parte de todas
essas expressões também especificarão uma bênção. Este é outro princípio ou regra. 

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: PRINCÍPIOS DE INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA ( 1 )




( mensagem ministrada pelo irmão Witness Lee em Taipé, Taiwan na década de 1950 e compõe o livo: Conhecendo a Bíblia)


Neste capítulo, precisamos ver alguns dos princípios de interpretação da Bíblia. Se quisermos estudar a Bíblia, temos de entendê-la. Para entendermos a Bíblia, precisamos interpretá-la. Sem interpretação nem explicação, naturalmente não teremos como entender a Bíblia. Sabemos que todas as coisas têm seus princípios próprios. Quanto mais valorizado e importante for um assunto, mais rigorosos serão os seus princípios e leis governantes. Se determinado assunto não tem qualquer significado ou importância, e pode ser conduzido de qualquer maneira, não há que se falar em leis, princípios ou regras. Mas, se um assunto é respeitável e ocupa um lugar significativo e de destaque, se é algo grandioso e nobre,
certamente existirão princípios e leis que governam esse assunto; não se pode encará-lo levianamente. A Bíblia é um item extremamente grandioso no universo. Além do nosso Senhor e Deus da glória, creio que o maior item no universo é a Bíblia que temos diante dos nossos olhos e em nossas mãos. Uma vez que a Bíblia é tão importante, precisamos da interpretação adequada, para que possamos estudá-la e entendê-la. Essa interpretação tem de ser regida por regras, leis e princípios definidos. Não podemos
interpretá-la ao nosso bel-prazer.

domingo, 27 de julho de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: ESTARMOS LIMPOS PARA GANHAR REVELAÇÃO NA PALAVRA





Nesse artigo falaremos sobre ganhar revelação do Senhor quanto a sua palavra. Um passo que precismos entender é que nossa condição pessoal é mais importante para obtermos revelação e esclarecimento do que o estudo da palavra em si. Por isso este artigo mostrará basicamente a questão pessoal,depois escreveremos sobre a questão do estudo da palavra em si.  Aqui falaremos sobre alguns assuntos, mais creio que na experiência dos irmãos tem muitos outros assuntos que podem ser acrescentados e podem ajudar-nos a entender a verdade do Senhor em suas escrituras.


quarta-feira, 23 de julho de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: PONTOS QUE OS MINISTROS PRECISAM SABER






Os ministros da palavra são irmãos que servem a igreja por meio da palavra. Como um despenseiro distribuía os alimentos adequadamente, como um mordomo, os que ministram a palavra precisa distribuir a palavra de Deus conforme a necessidade de Deus e da igreja, visando sempre a edificação da igreja, a alimentação espiritual dos irmãos, a transformação dos santos e o encargo para que os irmãos funcionem como membros de Cristo. Sendo assim, os que ministram a palavra precisam ficar atentos com relação a alguns pontos que mostraremos aqui.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: OS MINISTROS EM 2 TIMÓTEO (2)






Amém amados irmãos, neste artigo veremos um pouco mais sobre os ministros em 2 Timóteo. Sendo esta questão muito longa, depois deste artigo, deixaremos de falar sobre os ministros e falaremos mais sobre a palavra e ao ministrar da palavra. Depois,disso,ocasionalmente vamos terminar de falar sobre os ministros.

domingo, 6 de julho de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: OS MINISTROS EM 2 TIMÓTEO ( PARTE 1)




Amém amados irmãos, nos artigos passado falamos sobre os ministros em 1 Timóteo, agora vamos ver um pouco das orientações aos ministros em 2 Timóteo. Que o Senhor abra nosso coração e nosso espírito para entender e viver na prática as suas palavras, que sejamos submissos à cabeça que é Cristo e á direção do Espírito Santo para a edificação de Deus nesta terra.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: OS MINISTROS EM 1 TIMÓTEO ( PARTE 2)







No artigo passado falamos um pouco sobre os ministros no livro de 1 Timóteo, hoje continuaremos vendo um pouco mais sobre esse assunto. Que o Senhor nosso Deus nos revele sua vontade com relação aos ministros da palavra.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

MINISTÉRIO DA PALAVRA: OS MINISTROS EM 1 TIMÓTEO ( PARTE 1)



Nesse artigo vamos falar sobre o que o livro de 1 Timóteo nos mostra com relação aos ministros do Senhor. O livro de Timóteo fala muito sobre as autoridades do Senhor, dos presbíteros, diáconos, e como administrar a igreja bem como ministrar a palavra do senhor. Que o Senhor tenha misericórdia de nós revele a nós o Seu desejo quanto aos ministros da palavra. Aqui vamos falar um pouco sobre o caráter dos que servem o Senhor no ministério da palavra. Como já falamos anteriormente, não desejamos aqui estabelecer nenhuma regra, pois no nosso viver e serviço ao Senhor, cada irmão terá experiências diferentes, nosso desejo aqui é mostrar uma base onde os irmãos possam se alicerçar e segui no serviço a Deus.